Todos lutam contra sua autoconfiança, mesmo aqueles que parecem mais autoconfiantes. Construir confiança em si mesmo e ser capaz de projetar essa confiança externamente começa com um forte senso de autoestima, que está no cerne da sua autoestima.

Outros muitas vezes admiram pessoas autoconfiantes e inspiram confiança naqueles que os rodeiam. Eles podem enfrentar seus medos de frente e são vistos como pessoas que assumem riscos. Eles sabem que não importa quais desafios enfrentem e quais obstáculos surjam em seu caminho, eles podem superá-los.


Pessoas autoconfiantes encaram suas vidas de uma maneira positiva, mesmo quando as coisas estão dando errado. Eles também tendem a estar mais satisfeitos consigo mesmos e a ter um respeito próprio saudável.

Se você sofre de baixa autoconfiança, não se preocupe, não é uma sentença de prisão perpétua.
A confiança, como qualquer outra habilidade, pode ser aprendida e dominada. Depois de dominá-la, tudo em sua vida mudará.
A autoconfiança se resume a uma questão: se você não acredita em si mesmo, como pode esperar que alguém acredite em você?

Se você está lutando contra a baixa autoconfiança, saiba que não está sozinho. Todas as pessoas no planeta sofrem com a baixa autoconfiança em suas vidas.

Se uma situação particularmente difícil abalou a sua confiança, aqui estão cinco maneiras poderosas de aumentar a sua autoconfiança e ajudá-lo a se tornar menos vulnerável a todas as adversidades futuras da vida.

Pratique o amor próprio todos os dias

Essa técnica de construção de autoestima e autoconfiança é super simples e levará menos de um minuto para ser realizada. O método é baseado em dois princípios bem conhecidos da psicologia. A primeira é conhecida como hipótese de feedback facial.

Isso significa apenas que se você se forçar a sorrir, acabará sendo influenciado emocionalmente pela ação física.

Simplificando, apenas sorrindo você começará a sentir as emoções positivas associadas ao simples movimento facial.

Toneladas de pesquisas documentam o segundo princípio no qual a técnica se baseia, examinando o efeito das afirmações de palavras positivas na mente subconsciente.

Muitos estudos demonstraram como palavras faladas positivas podem afetar positivamente suas emoções.

Brian Tracy, um famoso guru de autoajuda e um conhecido orador, tem pregado continuamente sobre os benefícios de ficar na frente de um espelho e repetir a frase: “Eu gosto de mim, gosto de mim, gosto de mim mesmo” e de novo enquanto olha em seus próprios olhos.

Embora essa afirmação possa parecer boba, é provável que você não consiga pronunciar a expressão mais de cinco vezes antes de começar a sorrir e rir. Sim, é um exercício rápido e fácil, mas com certeza fará maravilhas pela sua autoestima.

Verifique sua linguagem corporal

Uma das maneiras mais fáceis de aumentar a confiança é adotar uma linguagem corporal confiante. Houve muitos estudos sobre o assunto, e todos os estudos provaram que simplesmente adotando uma linguagem corporal confiante você aumentará sua autoconfiança instantaneamente.


Para adotar uma linguagem corporal confiante, faça o seguinte:
  • Comece ficando em pé. Imagine que você tem um barbante que vai da base da coluna até o topo da cabeça. Imagine a linha puxando você pela sua cabeça.
  • Mantenha o peito nivelado, deixando os ombros rolarem para trás e para baixo.
  • Dobre ligeiramente os joelhos, respire fundo e sorria.
Ficar em pé e ocupar espaço enquanto permanece confortável e relaxado é a chave para parecer e se sentir mais confiante sobre si mesmo.

Um truque semelhante que você pode fazer para construir confiança instantânea é adotar uma “postura de poder”. Para fazer isso, basta se levantar como se tivesse acabado de ganhar uma medalha de ouro nas Olimpíadas.

Fique em pé com as mãos em “V” acima da cabeça.

Fique em pé com os pés afastados, a cabeça erguida e um grande sorriso no rosto. Mantenha a postura por um minuto. Ao fazer isso, respire fundo.

Cada vez que inspirar, imagine que seu corpo está se expandindo, ocupando todo o ambiente. Quando o minuto passar, é muito provável que você se sinta mais confiante e poderoso.

Treine seu cérebro

A baixa autoconfiança costuma ser resultado direto de pensamentos negativos. Como humanos, tendemos a nos concentrar em todos os traços e características que não possuímos e a nos lembrar continuamente das coisas que nos faltam.

Uma ótima maneira de ajudá-lo a construir mais confiança é reverter essa forma de pensar. Todos os dias, faça questão de se concentrar em seus traços e características positivas. Lembre-se regularmente de todas as coisas boas que você tem em sua vida.

Alguns dos comentários mais duros que ouvimos vêm de nós mesmos, vindos de nosso crítico interior. Se o seu crítico interno se tornar impreciso e hiperativo, isso poderá levá-lo ao desenvolvimento de baixa auto-estima e confiança.

Estratégias como a terapia cognitivo-comportamental podem ajudá-lo a treinar seu cérebro para questionar seu crítico interior. Pode mostrar como procurar evidências confiáveis ​​que apoiem ou neguem as coisas que sua voz interior está lhe dizendo.

Esteja sempre em busca de oportunidades para se parabenizar, elogiar e recompensar e, finalmente, acabar com o diálogo interno negativo que destrói sua confiança.

Lembre-se de conquistas anteriores

Quando você está lutando contra a baixa auto-estima e a falta de confiança, é uma boa ideia pensar em um evento ou conquista passada que o encheu de enormes sentimentos de felicidade e alegria.

Isso pode ser tão simples quanto uma carta ou e-mail de um colega elogiando você por um trabalho bem executado, ou uma palavra de parabéns de um amigo, parente ou outra pessoa importante, elogiando você por suas realizações.

Você pode pensar em um prêmio, fita, medalha ou elogio que recebeu no passado por um triunfo pessoal específico ou até mesmo por obter notas altas em um projeto, trabalho ou exame.

O objetivo é focar em algo que o encha de uma ampla sensação de felicidade e satisfação pessoal.

Para ajudá-lo a lembrar como se sentiu durante esse período, guarde um lembrete físico do evento ou conquista passada. Reserve algum tempo para olhar, sentir e permitir-se lembrar a experiência daquele momento alegre e emocional em sua vida.

Suas conquistas anteriores são testemunhos reais de sua autoestima interior e, ao reconhecê-las com frequência, você pode aumentar sua autoconfiança.

Cerque-se de pessoas positivas

Infelizmente, ninguém está imune a encontros com pessoas que produzem emoções negativas ao destruir a sua confiança e auto-estima.


Para evitar que sua confiança e auto-estima sejam prejudicadas por outras pessoas, você precisa se cercar de pessoas positivas. Observe os relacionamentos que você tem em sua vida e encontre maneiras de limitar o tempo ou cortar laços com as pessoas negativas em sua vida.

Cercar-se apenas daquelas pessoas que o apoiam fornecerá a energia positiva necessária para manter sua confiança sob controle. Este deve ser um de seus objetivos pessoais: cercar-se de pessoas que lhe proporcionem o amor, o carinho e o cuidado que você merece.

Quando você se cerca de pessoas positivas que reforçam sua confiança interior, nutrem suas emoções positivas e lhe fornecem apoio incondicional, você pode começar a construir uma fortaleza indestrutível contra futuros ataques à sua autoconfiança.

Ter relacionamentos de apoio positivos em sua vida é inestimável. Eles ajudam a regenerar sua confiança quando você vacila.

Para aqueles que são emocionalmente destrutivos, limite o contato. Permita que eles existam apenas no mundo tecnológico do e-mail, correio de voz e mensagens de texto.

Fazer isso deve fornecer a você o espaço necessário para evitar que eles destruam sua autoconfiança com sua negatividade.

As pessoas com quem você se relaciona regularmente são uma parte essencial para construir sua autoconfiança. Cerque-se daqueles que têm um efeito positivo e de apoio no seu bem-estar e observe como você aumenta substancialmente seus níveis de confiança.

Conclusão

A vida é cheia de desafios e muitas vezes você achará difícil manter a confiança. Quando isso acontecer, reserve um tempo do dia para sentar e fazer uma lista de todas as coisas em sua vida pelas quais você é grato e de todas as coisas que realizou.

Coloque esta lista na porta da sua geladeira ou em algum outro lugar onde possa ser facilmente vista e consulte as listas sempre que sua autoconfiança começar a diminuir.

Se você sente que sofre de baixa autoestima, esses cinco métodos poderosos podem ajudá-lo a se sentir melhor sobre quem você é e para onde está indo.

Não deixe que a falta de confiança continue a impedi-lo de atingir seus objetivos e de se tornar a pessoa que sempre sonhou ser.

Com um pouco de tempo e esforço, você pode aumentar sua autoestima e confiança e começar a viver uma vida mais feliz e saudável.