Connect with us

Sociedade

Kompanhias aereas menus seguras di mundu. TACV ka sta na lista

Keli ê kes kompanhias menus segurus du mundu. Ês lista ê ka rekomendadu pa kenha k ten medu di aviao

Publicado

em

Ten pessoas k ta pensa k medu dia viaja de avião ê algu irrasional, no entantu ês receiu podi sta associadu a un preokupason ku txeu fundamentu.

Di akordu ku AirlineRating, k ta agrega ranking di seguransa di Administrason Federal di Aviason i di Union Europeia, ê possivel percebi qual ê kompanhias k ta ofereci maior seguransa pa ses passajerus. No entantu, talvez conven sabe quais kompanhias ê menus seguras.

Odja ês lista abaixu i fika ta sabe quais ê kes kompanhias aereas k ta ofereci menus seguransa:

30. Jetstar Japan – A companhia low cost é propriedade da Quantas e da Mitsubishi, tendo sido lançada em 2012.

29. Air Zimbabwe – A companhia aérea nacional do Zimbabué tem uma história que conta com diversos problemas financeiros, acusações de falta de procedimentos de segurança e voos cancelados sob a ameaça de execução de hipoteca dos aviões.

28. Express Air – Muitas vezes denominada por Xpress Air, os aviões desta companhia aérea da Indonésia já tiveram diversos problemas, mas até hoje ainda não há registo de qualquer acidente.

27. Air Nauru – A companhia aérea da Polinésia voa para as ilhas da Micronésia e para a Austrália. Tem uma pontuação muito baixa porque não tem acreditação da Associação Internacional de Transportes Aéreos.

26. LADE – Esta companhia aérea argentina, sem fins lucrativos, opera em áreas com pouco tráfego e não é acreditada pela Associação Internacional de Transportes Aéreos.

25. Southwest Airlines – É a maior companhia norte-americana de voos domésticos. No entanto, teve um acidente fatal em 2018 e diversos acidentes não fatais em 2011, além de diversas controvérsias.

24. SpiceJet – Esta companhia aérea low cost, do norte da Índia, foi fundada em 2014 e tem uma quota de mercado de 13%. Fez uma aterragem de emergência, em dezembro de 2018, depois de ter sido disparado o alarme de fumo sem que nada o provocasse. A SpiceJet não tem acreditação internacional.

23. Fastjet – A companhia aérea opera na Tanzânia, Zimbabué e Moçambique, mas é propriedade da África do Sul e do Reino Unido. Na altura em que esta galeria foi criada, a companhia estava à beira de colapsar devido a problemas financeiros. A Fastjet não tem acreditação internacional.

22. Aerocaribbean – A marca ainda existe mas a companhia aérea encontra-se sob o controlo da Cubana de Aviación, a companhia aérea do governo cubano. Em 1992 e em 2010 a companhia teve dois acidentes onde morreram todas as pessoas que estavam a bordo.

21. Maldivian – A companhia aérea das Maldivas voa para a Índia, o Bangladesh e diversas ilhas do Oceano Índico. Fundada em 2000, a Maldivian não tem acreditação da Associação Internacional de Transportes Aéreos.

20. Drukair Royal Bhutan – A Drukair foi fundada em 1983 e era a única companhia aérea no Butão, até 2010. Em 2010 um avião da Drukair foi perfurado por granizo, mas todas as pessoas que estavam a bordo sobreviveram.

19. First Air – A companhia aérea serve o ártico canadiano e é propriedade do povo indígena inuit. Desde 1974 a companhia já passou por 11 acidentes, sendo que em 2011 ocorreu um acidente fatal.

18. Somon Air – A primeira companhia aérea privada do Tajiquistão realiza voos para a Rússia, China, Uzbequistão, Turquia, Alemanha, Emirados Árabes Unidos e Cazaquistão. A companhia tem zero estrelas da Associação Internacional de Transportes Aéreos.

17. Air Panama – Fundada em 1980, a companhia realiza sobretudo voos domésticos, fazendo também viagens para a Costa Rica e a Colômbia. Infelizmente já contou com quatro grandes acidentes, entre 1997 e 2007. Dez pessoas morreram no primeiro acidente.

16. Avior Airlines – A companhia aérea venezuelana realiza voos para os Estados Unidos, Peru, Curaçau, Colômbia, Equador e Brasil. Está banida da União Europeia por não respeitar os padrões de segurança.

15. Conviasa – A maior companhia aérea da Venezuela opera quase exclusivamente em voos domésticos. Teve três grandes acidentes desde 2005, sendo que no último, em 2010, morreram 17 pessoas.

14. Tajik Air – A companhia aérea nacional do Tajiquistão foi fundada em 1923 e faz voos domésticos e também para a Rússia, Quirguistão, Índia e Irão. Tem uma fraca acreditação internacional.

13. Avia Traffic Company – A companhia aérea do Quirguistão foi fundada por volta de 2003 e está banida na União Europeia. Em 2015 uma difícil aterragem causou ferimentos a oito pessoas que estavam a bordo do voo.

12. Novoair – A companhia aérea do Bangladesh só começou com operações em 2013 e tem uma fraca acreditação internacional.

11. AirAsia India – A AirAsia foi a primeira companhia aérea estrangeira a estabelecer-se na Índia, tendo sido lançada em 2014. Atualmente realiza voos para 20 destinos. Problemas financeiros colocaram a existência da companhia aérea em questão. A AirAsia India tem uma fraca pontuação internacional.

10. AirAsia X Thailand – Realiza voos de médio e longo curso da AirAsia na Tailândia. A AirAsia X voa de Banguecoque para a China, Japão e Coreia do Sul.

9. NOK Air – Conhecida por possuir aviões com belas pinturas, a companhia aérea conta com mais voos domésticos na Tailândia do que qualquer outra companhia. Diversos voos cancelados e protestos dos pilotos trouxeram problemas à companhia, em 2016, quando os pilotos não correspondiam aos padrões internacionais.

8. Airlines PNG – A companhia aérea da Papua-Nova Guiné já contou com sete acidentes, desde 1992, todos com vítimas mortais. O pior ocorreu num voo, em 2011, onde morreram 28 dos 32 passageiros.

7. Blue Wing – A companhia aérea do Suriname é conhecida por violar as normas de segurança e por não completar as investigações aos acidentes que ocorrem com os seus aviões. Já teve três acidentes com vítimas mortais, desde 2008. Num dos acidentes 19 pessoas perderam a vida.

6. Ariana Afghan Airlines – Esta companhia aérea foi gerida por Osama bin Laden durante um determinado período de tempo. Teve 14 acidentes de 1955 a 2014. No pior dos acidentes, em 1998, um avião chocou contra uma montanha, matando 45 pessoas.

5. Kam Air – Foi a primeira companhia aérea do Afeganistão e teve três acidentes desde 2005. No pior, ocorrido em 2005, 104 pessoas morreram depois do avião chocar contra um terreno montanhoso, em Cabul.

4. Iraqi Airways – A companhia aérea nacional do Iraque já teve 12 acidentes desde 1955. O pior dos acidentes ocorreu em 1986, quando sequestradores tentaram levar o avião para a Arábia Saudita, mas acabaram por fazer com que este despenhasse. Morreram 63 das 106 pessoas que estavam a bordo.

3. AirAsia Thailand – Não deve ser confundida com a AirAsia X Thailand. Esta companhia aérea não é reconhecida pelos reguladores internacionais. Tem uma pontuação média de 4.4 em 10, atribuída pelos passageiros. Não tiveram acidentes fatais nos últimos 10 anos.

2. Nepal Airlines – Voar para os Himalaias é difícil e a Nepal Airlines já sofreu 15 acidentes desde 1960. O pior ocorreu em 1969, quando morreram os 35 passageiros e os membros da tripulação, devido a um nevoeiro. Em 2014, 18 pessoas desapareceram num voo da companhia aérea.

1. Yeti Airlines – De acordo com a AirlineRatings.com, esta é a companhia aérea menos segura. Faz parte da maior companhia de voos domésticos do Nepal. Teve quatro acidentes desde 2006, com o pior a ocorrer em 2008, com 18 pessoas a morrerem devido a uma má aterragem.

—- Ku informason di NoticiasAoMinuto

Portal de Informações sobre Cabo Verde. Aqui você conhece Cabo Verde e fica de olho em tudo o que acontece no arquipélago.

Continue Lendo
Anúncio
Clique para comentar

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Sociedade

Medidas Preventivas e Restritivas da CMP, da 3a prorrogação do EE, contra o Covid-19

Medidas restritivas ao funcionamento dos serviços da Câmara Municipal da Praia no contexto da Terceira Prorrogação do Estado de Emergência

Publicado

em

O Estado de Emergência para a ilha de Santiago foi prorrogado por mais 15 dias, a contar das zero horas do dia 15 de Maio até às 24 horas do dia 29 do corrente mês. A terceira prorrogação do EE para a ilha de Santiago que conta com a propagação comunitária do COVID-19.

Face a essa nova prorrogação do EE, a Câmara Municipal da Praia reunida em sessão ordinária do dia 15 de Maio, delibera, ao abrigo do Estatuto dos Municípios, as seguintes medidas preventivas e restritivas a nível do município contra o Covid-19:

A. Serviços da Câmara Municipal da Praia:

  1. Todos os serviços da Câmara Municipal da Praia passarão a funcionar em regime de turno, sendo os turnos das 09:00 às 13:00 e das 13:30 às 17:30 com exceção dos serviços dos Bombeiros, Guarda Municipal, Saneamento e Oficinas e máquinas;
  1. É proibida a permanência de municipes, em qualquer serviço de atendimento ao público da Câmara Municipal da Praia, sem máscaras comunitárias ou cirúrgicas;
  1. Uso obrigatório de máscaras para todos os funcionários da Front-Office da Câmara Municipal bem como os funcionários de serviços essências como Saneamento, Guarda Municipal, Ação Social, Bombeiros, Fiscais dos Mercados, Oficina e Máquinas, Centro Logístico, Aterro Sanitário e Cemitérios da Várzea e de Achada S. Filipe;
  1. Fora dos Serviços de atendimento da CMP deve-se respeitar o distanciamento social recomendado;
  1. Os Centros de Dia Municipais devem continuar encerrados, devendo o serviço de ação social continuar a garantir um serviço mínimo domiciliar e serviços de cuidados aos utentes internos do Centro Emergencial da Terceira Idade;
  1. As delegações municipais manter-se-ão encerradas durante o período de Estado de Emergência;
  1. A Casa Abrigo Municipal funcionará por 24h00 até o dia 29 de maio, garantindo os cuidados de higiene, alimentação e assistência e proteção aos sem abrigos da nossa cidade;
  1. Os jardins infantis do município devem permanecer encerrados até o próximo ano letivo, bem como os projetos Salas de Estudo e Casa Primavera;
  1. Os recintos desportivos, parques infantis, “fitness park” e ginásios Municipais devem continuar encerrados até decisão em contrário;
  1. As audiências públicas presenciais vão continuar encerradas até novas diretrizes, pelo que quaisquer assuntos relativos aos Pelouros da CMP devem ser tratados via requerimento ou e-mail;
  1. Nos cemitérios municipais deve-se adotar as regras de afastamento social entre os utentes e a realização de funerais condicionada à inexistência de aglomeração de pessoas e controlo no que respeita as distancias de segurança.

B. Mercados Municipais

  1. O Mercado do Plateau deve continuar a funcionar com metade da capacidade e com distanciamento social delimitado e em regime de rotatividade diária entre as vendedeiras e entrega ao domicilio de produtos via Plataformas digitais;
  2. O Mercado Sucupira bem como os mercados circundantes continuarão encerrados até ao dia 29 de Maio;
  3. Os demais mercados municipais (Terra Branca, Vila Nova, Achadinha, Eugenio Lima, Achada Santo Antônio) devem continuar a funcionar com apenas metade das vendedeiras em regime diário de rotatividade;
  4. Aos sábados, todos os mercados em funcionamento devem encerrar às 14h00
  5. Venda Ambulante: Mantêm-se a proibição de vendas nos passeios;

C. Transportes públicos

Todos os táxis devem colocar barreiras de proteção transparentes no interior dos veículos, tornando-se obrigatório o uso de mascaras para os condutores bem como a implementaçãp de medidas permanentes de higienização dos mesmos;

Os autocarros devem funcionar com metade de capacidade tornado-se obrigatória a implementação de medidas de higienização permanente e uso de mascaras para os condutores e passageiros.

Entrada em vigor

A presente deliberação entra em vigor a partir do dia 18 de Maio e tem a duração de 2 semanas.

Fonte: CMP

Continue Lendo

Sociedade

Agência cria anúncio que só pode ser lido de longe

Distanciamento Social: imagem nítida só a uma distância de 1,5 metros.

Publicado

em

Fonte: reprodução / Helsingin Sanomat / TBWA Helsinque

A TBWA de Helsinki reuniu dois de seus clientes, o varejista HOK-Elanto e o jornal Helsingin Sanomat, para assinarem juntos uma campanha de distanciamento social bem criativa.

O anúncio tem uma ilusão de ótica que só pode ser enxergada perfeitamente quando vista de longe. Sua visibilidade só é nítida mesmo quando observada de uma distância de 1,5 metros. O foco da mensagem é repassar a importância do distanciamento social.

“Em vez de dizer ou ensinar às pessoas como agir, queríamos que elas experimentassem”, disse Joni Furstenborg, diretor criativo da TBWA\Helsinki. “Acreditamos que, ao fazer isso, deixaremos uma pegada mais forte e mais pessoas se lembrarão da nossa mensagem importante”.

A ação publicitária traz a seguinte mensagem: “Mantendo seguro. De longe”

Fonte/Créditos: Updade or Die.

Continue Lendo

Sociedade

07 de abril – Dia Mundial da Saúde 2020

Este ano assinalado sob o lema “Apoiar os Enfermeiros e Parteiras”

Publicado

em

Foto: ONU

Este ano, no Dia Mundial da Saúde, enquanto os profissionais da saúde lideram a luta contra a pandemia da COVID-19, a Organização Mundial da Saúde (OMS) quer aproveitar o evento para chamar a atenção para o papel vital desempenhado pelos enfermeiros e pelas parteiras. Trata-se de uma celebração que durará o ano inteiro, uma vez que 2020 foi designado o Ano Internacional do Enfermeiro e da Parteira pela OMS.

A pandemia do COVID-19 destaca a necessidade urgente de fortalecer a força de trabalho global em saúde. Os enfermeiros representam mais de 50% da força de trabalho em saúde do mundo e fornecem serviços vitais para todo o sistema de saúde. Ao longo da história, e até hoje, esse pessoal esteve na vanguarda da luta contra epidemias e pandemias que ameaçam a saúde em todo o mundo. O enfermeiro mostra compaixão, liderança e coragem em todos os lugares ao enfrentar a pandemia do COVID-19: seu valor nunca foi tão evidente quanto no momento.

Para a Diretora Geral da OMS Africa, os enfermeiros desempenham uma função essencial nos cuidados de saúde primários, um dos pilares para alcançar a cobertura universal de saúde. Juntamente com as parteiras, estabelecem uma ligação fundamental entre os indivíduos, as famílias, as comunidades e o sistema de saúde. Fornecem apoio em todo o ciclo de cuidados, desde a promoção da saúde, à prevenção, tratamento, convalescença e cuidados terminais.

Em Cabo Verde, os enfermeiros sempre desempenharam um papel fundamental no Sistema Nacional de Saúde, sobretudo logo após a independência, contribuindo de uma forma inestimável para a melhoria dos indicadores de saúde nas ilhas.

Atualmente o número de enfermeiros no sistema público de saúde ronda os 850 profissionais, reforçados agora nesta pandemia de covid19, com mais 170 novos integrantes. A classe de enfermagem em Cabo Verde tem sido valorizada com a implementação da carreira de enfermagem e a constituição da Comissão Instaladora da futura Ordem dos Enfermeiros de Cabo Verde.

Devemos redobrar os esforços para valorizar o papel dos enfermeiros e das parteiras na autonomização dos pacientes e das comunidades, na facilitação do trabalho de equipa pluridisciplinar e na prestação de cuidados holísticos.

Assim, o INSP (Instituto Nacional de Saúde Pública) dá a conhecer a efeméride, reconhecendo a importância do lema escolhido este ano para assinalar o dia mundial das Saúde e o papel dos enfermeiros no Sistema Nacional de Saúde.

Confira a mensagem da Diretora Geral da OMS AFRO  sobre o DIA MUNDIAL DE SAÚDE 2020, e o documento “La Situation Du Personnel Infirmier Dans Le Monde – 2020

Fonte: INSP

Continue Lendo

Destaques