Connect with us

Sociedade

Humilhar os outros não te faz forte, mas infeliz!

Humilhar outra pessoa não vai te blindar, não vai criar uma armadura impenetrável onde você possa se proteger de seus prórpios demônios.

Publicado

em

Foto: kellyvivanco.com

Como é de esperar, na vida nos deparamos com tudo, vivenciamos de tudo e aprendemos constantemente, isso é viver. Nas nossas relações durante a vida, nós iremos interagir com pessoas amáveis, generosas, que nos farão evoluir como seres humanos, mas, em contrapartida, nos depararemos também com pessoas amargas que, por se sentirem inseguras, ferem os outros.

Geralmente essas pessoas têm um complexo de inferioridade, consciente ou inconsciente, e por isso abusam de alguma posição entendida como privilegiada para descontar sua frustração em cima das outras, principalmente quando a vítima está em posição vulnerável.

Quando uma pessoa tenta humilhar outra de propósito, significa que:

  1. Ela tem um complexo de inferioridade em relação a quem ela tenta humilhar.
  2. Ela mesma é totalmente insegura sobre si mesma e em relação as realizações de quem ela tenta humilhar. Constranger e humilhar a outra pessoa é uma forma dela satisfazer seu complexo, criando uma falsa sensação de que seja superior.
  3. Sente-se ameaçada perante o potencial da suposta vítima e agir assim é uma forma de “botar o outro no seu devido lugar”.

Submeter outra pessoa a uma situação de humilhação não é um indicador de superioridade, mas o contrário é válido. A imagem que você vai conseguir passar de si mesmo é apenas a de uma pessoa fraca, frustrada e talvez com muito medo da outra pessoa a qual você esteja destratando.

Avalie-se e veja se o desdém, o descaso e o nojo que você coloca no seu tratamento em relação a uma pessoa de posição hierarquica inferior, não é apenas um modo de “marcar territótio”, um modo de mostrar quem manda, quando na verdade só está incoscientemente procurando se auto-afirmar perante si mesmo.

Humilhar outra pessoa não vai te blindar, não vai criar uma armadura impenetrável onde você possa se proteger de seus próprios demónios. Fazendo isso você apenas estará escancarando sua personalidade frágil, mostrando aos outros o quanto é infeliz e que precisa pisar em alguém para se sentir um pouco melhor.

O certo é que você jamais terá o respeito daqueles a quem você constrange; talvez, no máximo, consiga despertar medo e, com certeza, muito ódio e desprezo daqueles a quem você humilha. Mas, se causar esse tipo de sentimento dos outros em relação a você é o que te apraz, deve ser porque, com certeza, você é uma pessoa com sérios problemas e deveria procurar ajuda.

Quem já esteve em situação de ser humilhado sabe que a “vítima” nunca enxerga aquele a quem lhe humilha como superior, portanto, tentar se impor por essas vias com o propósito de se afirmar sobre a outra, é apenas uma forma de mostrar sua fraqueza diante dela, que não reage por outros motivos que implicam em perdas e prejuízos a si ou a outrém a quem queira preservar e proteger, jamais pelo respeito que, evidentemente, não tem mesmo pelo humilhador.

Créditos a Blog Pensar Contemporâneo

Crédito da imagem: Kelly Vivanco

Natural da ilha do Fogo. É formado em Administração, pós-graduado em Docência Universitária, Blogueiro e Músico.

Continue Lendo
Anúncio
Clique para comentar

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Sociedade

Medidas Preventivas e Restritivas da CMP, da 3a prorrogação do EE, contra o Covid-19

Medidas restritivas ao funcionamento dos serviços da Câmara Municipal da Praia no contexto da Terceira Prorrogação do Estado de Emergência

Publicado

em

O Estado de Emergência para a ilha de Santiago foi prorrogado por mais 15 dias, a contar das zero horas do dia 15 de Maio até às 24 horas do dia 29 do corrente mês. A terceira prorrogação do EE para a ilha de Santiago que conta com a propagação comunitária do COVID-19.

Face a essa nova prorrogação do EE, a Câmara Municipal da Praia reunida em sessão ordinária do dia 15 de Maio, delibera, ao abrigo do Estatuto dos Municípios, as seguintes medidas preventivas e restritivas a nível do município contra o Covid-19:

A. Serviços da Câmara Municipal da Praia:

  1. Todos os serviços da Câmara Municipal da Praia passarão a funcionar em regime de turno, sendo os turnos das 09:00 às 13:00 e das 13:30 às 17:30 com exceção dos serviços dos Bombeiros, Guarda Municipal, Saneamento e Oficinas e máquinas;
  1. É proibida a permanência de municipes, em qualquer serviço de atendimento ao público da Câmara Municipal da Praia, sem máscaras comunitárias ou cirúrgicas;
  1. Uso obrigatório de máscaras para todos os funcionários da Front-Office da Câmara Municipal bem como os funcionários de serviços essências como Saneamento, Guarda Municipal, Ação Social, Bombeiros, Fiscais dos Mercados, Oficina e Máquinas, Centro Logístico, Aterro Sanitário e Cemitérios da Várzea e de Achada S. Filipe;
  1. Fora dos Serviços de atendimento da CMP deve-se respeitar o distanciamento social recomendado;
  1. Os Centros de Dia Municipais devem continuar encerrados, devendo o serviço de ação social continuar a garantir um serviço mínimo domiciliar e serviços de cuidados aos utentes internos do Centro Emergencial da Terceira Idade;
  1. As delegações municipais manter-se-ão encerradas durante o período de Estado de Emergência;
  1. A Casa Abrigo Municipal funcionará por 24h00 até o dia 29 de maio, garantindo os cuidados de higiene, alimentação e assistência e proteção aos sem abrigos da nossa cidade;
  1. Os jardins infantis do município devem permanecer encerrados até o próximo ano letivo, bem como os projetos Salas de Estudo e Casa Primavera;
  1. Os recintos desportivos, parques infantis, “fitness park” e ginásios Municipais devem continuar encerrados até decisão em contrário;
  1. As audiências públicas presenciais vão continuar encerradas até novas diretrizes, pelo que quaisquer assuntos relativos aos Pelouros da CMP devem ser tratados via requerimento ou e-mail;
  1. Nos cemitérios municipais deve-se adotar as regras de afastamento social entre os utentes e a realização de funerais condicionada à inexistência de aglomeração de pessoas e controlo no que respeita as distancias de segurança.

B. Mercados Municipais

  1. O Mercado do Plateau deve continuar a funcionar com metade da capacidade e com distanciamento social delimitado e em regime de rotatividade diária entre as vendedeiras e entrega ao domicilio de produtos via Plataformas digitais;
  2. O Mercado Sucupira bem como os mercados circundantes continuarão encerrados até ao dia 29 de Maio;
  3. Os demais mercados municipais (Terra Branca, Vila Nova, Achadinha, Eugenio Lima, Achada Santo Antônio) devem continuar a funcionar com apenas metade das vendedeiras em regime diário de rotatividade;
  4. Aos sábados, todos os mercados em funcionamento devem encerrar às 14h00
  5. Venda Ambulante: Mantêm-se a proibição de vendas nos passeios;

C. Transportes públicos

Todos os táxis devem colocar barreiras de proteção transparentes no interior dos veículos, tornando-se obrigatório o uso de mascaras para os condutores bem como a implementaçãp de medidas permanentes de higienização dos mesmos;

Os autocarros devem funcionar com metade de capacidade tornado-se obrigatória a implementação de medidas de higienização permanente e uso de mascaras para os condutores e passageiros.

Entrada em vigor

A presente deliberação entra em vigor a partir do dia 18 de Maio e tem a duração de 2 semanas.

Fonte: CMP

Continue Lendo

Sociedade

Agência cria anúncio que só pode ser lido de longe

Distanciamento Social: imagem nítida só a uma distância de 1,5 metros.

Publicado

em

Fonte: reprodução / Helsingin Sanomat / TBWA Helsinque

A TBWA de Helsinki reuniu dois de seus clientes, o varejista HOK-Elanto e o jornal Helsingin Sanomat, para assinarem juntos uma campanha de distanciamento social bem criativa.

O anúncio tem uma ilusão de ótica que só pode ser enxergada perfeitamente quando vista de longe. Sua visibilidade só é nítida mesmo quando observada de uma distância de 1,5 metros. O foco da mensagem é repassar a importância do distanciamento social.

“Em vez de dizer ou ensinar às pessoas como agir, queríamos que elas experimentassem”, disse Joni Furstenborg, diretor criativo da TBWA\Helsinki. “Acreditamos que, ao fazer isso, deixaremos uma pegada mais forte e mais pessoas se lembrarão da nossa mensagem importante”.

A ação publicitária traz a seguinte mensagem: “Mantendo seguro. De longe”

Fonte/Créditos: Updade or Die.

Continue Lendo

Sociedade

07 de abril – Dia Mundial da Saúde 2020

Este ano assinalado sob o lema “Apoiar os Enfermeiros e Parteiras”

Publicado

em

Foto: ONU

Este ano, no Dia Mundial da Saúde, enquanto os profissionais da saúde lideram a luta contra a pandemia da COVID-19, a Organização Mundial da Saúde (OMS) quer aproveitar o evento para chamar a atenção para o papel vital desempenhado pelos enfermeiros e pelas parteiras. Trata-se de uma celebração que durará o ano inteiro, uma vez que 2020 foi designado o Ano Internacional do Enfermeiro e da Parteira pela OMS.

A pandemia do COVID-19 destaca a necessidade urgente de fortalecer a força de trabalho global em saúde. Os enfermeiros representam mais de 50% da força de trabalho em saúde do mundo e fornecem serviços vitais para todo o sistema de saúde. Ao longo da história, e até hoje, esse pessoal esteve na vanguarda da luta contra epidemias e pandemias que ameaçam a saúde em todo o mundo. O enfermeiro mostra compaixão, liderança e coragem em todos os lugares ao enfrentar a pandemia do COVID-19: seu valor nunca foi tão evidente quanto no momento.

Para a Diretora Geral da OMS Africa, os enfermeiros desempenham uma função essencial nos cuidados de saúde primários, um dos pilares para alcançar a cobertura universal de saúde. Juntamente com as parteiras, estabelecem uma ligação fundamental entre os indivíduos, as famílias, as comunidades e o sistema de saúde. Fornecem apoio em todo o ciclo de cuidados, desde a promoção da saúde, à prevenção, tratamento, convalescença e cuidados terminais.

Em Cabo Verde, os enfermeiros sempre desempenharam um papel fundamental no Sistema Nacional de Saúde, sobretudo logo após a independência, contribuindo de uma forma inestimável para a melhoria dos indicadores de saúde nas ilhas.

Atualmente o número de enfermeiros no sistema público de saúde ronda os 850 profissionais, reforçados agora nesta pandemia de covid19, com mais 170 novos integrantes. A classe de enfermagem em Cabo Verde tem sido valorizada com a implementação da carreira de enfermagem e a constituição da Comissão Instaladora da futura Ordem dos Enfermeiros de Cabo Verde.

Devemos redobrar os esforços para valorizar o papel dos enfermeiros e das parteiras na autonomização dos pacientes e das comunidades, na facilitação do trabalho de equipa pluridisciplinar e na prestação de cuidados holísticos.

Assim, o INSP (Instituto Nacional de Saúde Pública) dá a conhecer a efeméride, reconhecendo a importância do lema escolhido este ano para assinalar o dia mundial das Saúde e o papel dos enfermeiros no Sistema Nacional de Saúde.

Confira a mensagem da Diretora Geral da OMS AFRO  sobre o DIA MUNDIAL DE SAÚDE 2020, e o documento “La Situation Du Personnel Infirmier Dans Le Monde – 2020

Fonte: INSP

Continue Lendo

Destaques