Cabo Verde: 230 Menores Chefe de Família

Em Cabo Verde 765 menores vivem em união de facto (230 chefes de família).



Conforme avança a INE (Instituo Nacional de Estatísticas) há mais de 230 menores caboverdianos a viverem como chefe de famílias, em união de facto, em cerca de, pelo menos, 765 famílias. Estes menores possuem a idade compreendida entre os 15 e os 17 anos. 


O Estudo feito através do quinto Recenseamento Geral da População e Habitação (RGPH - 2021) elaborado pelo INE contabilizou cerca de 231 representantes de agregados familiares e 112 cônjuges. Dos inquiridos em número total de 53.763 com idade compreendida entre os 12 e os 17 anos, 52.892 são solteiros, 765 dos 15 aos 17 anos vivem em união de facto e 871 são não solteiros. Entretanto cerca de 106 já interromperam a união de facto por alguma razão.


Conforme a CDC ( Convenção sobre os Direitos da Criança), "São caracterizados apenas os adolescentes não solteiros, ou seja, aqueles que, à luz da CDC, são considerados em situação particularmente difícil pela dupla violação dos seus direitos: por um lado, por ter contraído a união conjugal no período considerado de escolaridade e, por outro lado, pela maioria ter idade inferior à estipulada por Lei, o que pode ter reflexos diretos e negativos na saúde, educação e instrução", conforme explica o INE.


Cabo Verde, em 2021 possuía uma população de 491.233 pessoas que em comparação com o ano de 2010 há uma pequena diminuição da população em cerca de 1,6%.

0 Comentários