Morreu Zindzi Mandela, filha de Nelson Mandela, aos 59 anos

De acordo com a televisão estatal South African Broadcasting Corporation (SABC) Zindzi Mandela, filha dos líderes anti-apartheid da África do Sul, Nelson Mandela e Winie Mandela, morreu hoje de manhã num hospital de Joanesburgo, onde se encontrava internada. 

Zindzi Mandela era embaixadora da África do Sul na Dinamarca.


A filha de Nelson Mandela destacou-se em 1985, quando o regime do apartheid tentou negociar com o líder histórico do ANC a liberdade caso denunciasse os crimes praticados pelo Congresso Nacional Africano.

Zindzi Mandela ganhou destaque internacional em 1985, quando o regime do apartheid ofereceu a liberdade a Nelson Mandela, em troca de uma denúncia pública da violência perpetrada pelo ANC, na luta pela libertação. 

A filha de Mandela, que nasceu pouco tempo antes de o pai ser preso e que tinha então 25 anos, leu num comício no Soweto a carta do pai que rejeitava a proposta do Presidente P.W. Botha, em imagens que correram o mundo.

No discurso que leu, Mandela, a quem as autoridades tinham oferecido a hipótese de uma saída da prisão sob estritas condições, queria deixar claro que só o aceitaria quando os outros presos políticos fossem libertados, o povo livre e o seu movimento, o Congresso Nacional Africano (ANC), legalizado. “A vossa liberdade e a minha liberdade são inseparáveis”, dizia.

A causa da morte ainda não foi divulgada.

É [um desaparecimento] prematuro. Ela ainda tinha um papel a desempenhar na transformação de nossa própria sociedade e um papel ainda maior no Congresso Nacional Africano”, disse o porta-voz do ANC, Pule Mabe. 

Fonte: PublicoPT / Jornal de Angola

Olhar Cabo Verde Portal de Informações sobre Cabo Verde. Aqui você conhece Cabo Verde e fica de olho em tudo o que acontece no arquipélago.

0 Comentário

Enviar um comentário

Iklan Atas Artikel

Iklan Tengah Artikel 1

Iklan Tengah Artikel 2

Iklan Bawah Artikel