Cabo-verdianos na roça na São Tomé – és bai na tempu di xicote

Txeu di nos te inda ten familiaris na "San Tomé"; nha vó baba doz bes ku fidjus pa skapaba di fomi; un di kes nha tio fika la i nunka maz el volta; i txeu otus kabuverdianus ka regressa pa Kabu Verdi i és ta vivi na un situason lamentavel.

Keli ê un vidiu publikadu na un Kanal na Youtube di doz Kabu-verdianus k te inda ta vivi la.


Armando e Maria Fernanda - Um velho casal que vive num modesto casebre da senzala Uba-Budo, idosos mas nos seus olhos há ainda um fulgor de vivacidade e de brilho que teima em resistir ao tempo. Chegaram a S. Tomé, em 1955, com 16 anos. Ele já com 16 anos, ela, mais velha, mas já nem sabe a idade. Foi no tempo da chibatada - Diz ele: “Eu estava garoto não não levou mas vi chicotadas caírem nas costas de outros”. Tempos difíceis! Já voltaram a Cabo-Verde , com viagem apoiadas pelas autoridades santomenses mas quiseram regressar a S. Tomé; lá não têm “nada! nada!” e nem família – No fim de contas, embora não tendo aqui nascido, é aqui que têm passado a maior parte dos anos das suas vidas, e também porque esta é também já a terra dos seus filhos e netos.

Bu ten familiaris inda na "San Tomé"? Dexanu sabi...

Olhar Cabo Verde Portal de Informações sobre Cabo Verde. Aqui você conhece Cabo Verde e fica de olho em tudo o que acontece no arquipélago.

0 Comentário

Enviar um comentário

Iklan Atas Artikel

Iklan Tengah Artikel 1

Iklan Tengah Artikel 2

Iklan Bawah Artikel